segunda-feira, 13 de março de 2017

Rompendo padrões de comportamento



             Reivindicações são neutralizadas a partir de uma decisão de mudar o meu comportamento, rompendo com a expectativa do outro em atender suas próprias demandas de carências ou necessidades infantis.
            O poder de mudar todo e qualquer círculo vicioso está na decisão que tomo, e para isso é preciso a coragem e o enfrentamento das minhas fraquezas e demandas infantis. Quando sou eu mesmo que crio a realidade em que vivo e ajudo a reproduzir no outro um comportamento que me desagrada, é unicamente de minha responsabilidade tomar a decisão de virar a mesa. É a partir da minha mudança interna que percebo a raiz do incômodo, frustração ou infelicidade que acredito ser de responsabilidade do outro.

           Tomando distância do incômodo posso perceber a dinâmica que produz continuamente o comportamento indesejado e portanto, viciado, repetitivo e a força que mobilizo para me manter nessa energia sofredora. Quando subo um degrau de entendimento sou capaz de romper com o padrão estabelecido e reprogramo minha mente sendo capaz de criar uma nova realidade trazendo mais leveza, autonomia e consciência. Saio enfim da resistência, da dependência e da inconsciência tomando as rédeas do meu destino, conferindo-me autoridade, integridade e dignidade. 
              A minha mudança interna provoca um distanciamento e uma tomada de consciência no outro fazendo com que também passe a perceber uma quebra do padrão vigente. Talvez haja certa resistência no começo, no entanto, a mudança brusca de comportamento desestabiliza o outro fazendo com que procure um apoio no que já não mais existe. Dessa forma tenta rapidamente reconstruir o padrão habitual, mas só conseguirá atingir seu objetivo se ainda eu estiver fragilizado em minhas demandas. Por isso é necessário que eu sustente minha decisão e me mantenha firme no novo eixo até que o equilíbrio se manifeste.